E-BOOKS

COLABORAÇÃO

COLABORAÇÃO

JORNALISMO DIGITAL

JORNALISMO DIGITAL

MAPEAMENTO CULTURAL

MAPEAMENTO CULTURAL

 

 

Este site organiza o conteúdo das oficinas de formação em cultura digital do programa Nós Mídia. São três eixos, três “e-books” (Colaboração, Jornalismo Digital e Mapeamento Cultural) que formam um ciclo. O conteúdo vai para a oficina. A oficina forma mapeadores. Os mapeadores alimentam a base de dados do Nós Mídia. O mapa ajuda usuários a filtrar a cidade. Usuários também podem subir conteúdo e melhorar os mapas, inclusive por celular. Os mapas são usados em novas oficinas. Tudo, do começo ao fim, liberado em Creative Commons 3.0 como um convite para você remixar o conteúdo.

Há diversas maneiras de começar. Escolha uma das 4 abaixo ou embarque nos índices de cada e-book. Bons estudos! 🙂

 

Colaboração

O e-book colaboração trata de fazer um apanhado geral de conceitos e práticas relacionadas a colaboração na internet. Ele vai desde conceitos básicos da rede, como o surgimento da internet, o copyleft e software livre, até tutoriais de como usar redes sociais populares, como o Facebook e o Twitter, e outras nem tanto, mas muito úteis para quem produzir (e compartilhar) conteúdo, como o Pinterest e o Tumbrl. Também consta aqui um pequeno balanço de modelos de negócio e práticas surgidas ou aperfeiçoadas na internet, casos do Freemium, do crowdfunding e da licença Creative Commons.

 

Jornalismo Digital

“Jornalismo digital” é um e-book sobre, claro, jornalismo. Mas não sobre aquele jornalismo que talvez você esteja acostumado a ver (ou consumir) na rede, de portais e sites de notícias. O trabalho aqui tenta apresentar novos perfis de jornalistas que estão surgindo na rede, a partir de uma série de transformações profissionais, tecnológicas e culturais que a internet está fazendo o jornalismo passar. Para isso, primeiramente compilamos um apanhado geral do que se anda falando na universidade sobre o jornalismo digital para, a seguir, tratar de esmiuçar alguns perfis identificados na pesquisa de mestrado na ECA-USP realizada por Andre Deak em 2011 e trazer exemplos de profissionais de cada um deles.

Mapeamento cultural


Os mapas são, em 2012, uma realidade consolidada na rede. A potência dos satélites aliado aos diversos aplicativos de mapas tem criado dezenas de opções para quem criar (ou editar) seu próprio mapa na rede. Nesse e-book, trazemos alguns tutoriais desses aplicativos que auxiliam na produção de mapas e, também, casos de bom uso de mapas na construção de sites ou na cobertura de determinado assunto em um lugar específico – caso do Arte Fora do Museu, que faz um guia para obras de arte fora de museus em São Paulo, ou do PortoAlegre.cc, uma plataforma que ajuda os cidadãos da cidade gaúcha a monitorarem os problemas (e soluções) de sua cidade.