Você está no e-book jornalismo digital

 

“Novo” jornalismo na era da transparência total: Wikileaks tem abalado a política e a comunicação internacional com seus vazamentos (leaks) de informações confidenciais

O Wikileaks é uma organização transnacional sem fins lucrativos, sediada na Suécia,que publica, em sua página , postagens de fontes anônimas, documentos, fotos e informações confidenciais, vazadas de governos ou empresas, sobre assuntos sensíveis. A página foi construída com base em vários pacotes de programas  incluindo MediaWikiFreenetTor e PGP. Apesar do seu nome, aWikiLeaks não é uma wiki – leitores que não têm as permissões adequadas não podem editar o seu conteúdo.

Ao longo de 2010, WikiLeaks publicou grandes quantidades de documentos confidenciais do governo dos Estados Unidos, com forte repercussão mundial. Foi o início da repercussão mundial da organização, que resultou em muita antipatia – especialmente por parte do Governo dos Estados Unidos, “indignados” com a difusão de documentos secretos de seu governo – e, do outro, em muita simpatia,

a ponto da organização chegar a ser indicada ao Prêmio Nobel da Paz em 2011.

O porta-voz Julian Assange

Aos 39 anos, o australiano é a “cara” do Wikileaks. Um de seus fundadores e editores, a partir de 2010 passou a ser o porta-voz da organização. Toda sua visibilidade custou caro: em 2011 foi  foi acusado de estupro e abuso sexual na Suécia e a Interpol o colocou em sua lista de procurados. No dia 7 de dezembro, em Londres, Assange apresentou-se à Polícia Metropolitana e negou a veracidade das acusações contra ele, sendo liberado nove dias depois. 

Mas em 31 de maio a corte suprema do Reino Unido anunciou sua decisão a favor da extradição de Julian Assange para a Suécia – é daí para ser levado aos Estados Unidos e padecer (ou morrer) na prisão é um pequeno passo, já que os EUA veem em Assange um inimigo.

Desde então, Julian vive sob permanente tensão de ser extraditado. A última informação é de que o porta-voz do Wikileaks foi a Embaixada do Equador e conseguiu sua extradição para o país latino-americano. Na ocasião, fez um poderoso discurso contra os EUA, o Reino Unido e outros que o querem preso.

Para saber mais

  • Nome (Obrigatório)

  • E-mail (Não será publicado)

  • Url (Opcional)

  • Comentário (Obrigatório)